sábado, 29 de novembro de 2008

Insaciedade



Acordar ao lado de quem se ama é o nirvana, sentir o cheiro e o ronronar do homem amado é quase um poema e ser acordado por ele lhe desejando como se você fosse um oásis em meia ao deserto é tudo... Mas porque ainda assim fica a tal da insaciedade gritando como uma prima louca dentro de mim? Cacete, o que tenho me basta, mas algo dentro de mim grita o contrario. O que fazer? Verdadeiramente não sei... Queria tanto ser madura o suficiente para não sonhar tanto, não idealizar mais ainda e principalmente parar com a porra da mania de acreditar que o melhor esta sempre por vir... Só que sempre que tenho esse pensamento me perco em meus sonhos e fantasias mais patéticos, queria muito que a adolescente que mora em mim arrumasse as malas e caísse fora de minha vida. Ora bolas, já sou uma mulher madura (será?) e já vivi bastante coisa na vida para aprender a dar valor ao que é importante e ponto final, mas fazer o que se para mim ainda é importante acreditar que algo de sobre natural vai acontecer de uma hora para outra? Sou tão insana que me pego pensando que qualquer dia desses serei abduzida por um lindo ET e seremos felizes para sempre em seu mundo intergaláctico. Ou imaginando que ao andar pelas ruas de Ipanema esbarrarei em um hipponga porra louca e a paixão será fulminante e viveremos em uma linda comunidade com o nome de Sol do amanhecer ou coisa do gênero, ou então (essa é a melhor) estarei em algum café literário e ao pegar o ultimo exemplar de T.S.Elliot minhas mãos tocam em mãos másculas que estão querendo pegar o ultimo exemplar,ai papo vai papo vem descobrimos que amamos os mesmos autores e as mesmas poesias, tomamos um café e ali naquele momento ele me olha nos olhos e diz:- Você é tudo o que sempre procurei, vem comigo... “Ninguém pode ser escravo de sua identidade: quando surge uma possibilidade de mudança é preciso mudar.
Em fimmmmmmmmmmmmmmm, vou seguindo meu caminho ao lado do homem amado e sonhando, sonhando... Quem sabe o homem que esta ao meu lado não se transforme em meu homem sonhado.
Abaixo deixo um lindo presente de um dos meus homens sonhado T.S.Elliot
Bjs da Fullana



Não há como construir um castelo,Sem antes arquitetá-lo na mente.As grandes obras, as grandes conquistas,Os melhores livros, filmes, músicas...Nasceram de um simples pensamento.Alguém um dia, pensou, sentiu...E isso gerou uma semente no universo.Semente essa que ao longo do tempo,Passou por guerras, tempestades, desesperança.Por muitas vezes esteve sozinha e sem destino.Ninguém pode ouvir suas lagrimas, mas ela chorou...Não por medo, mas porque quem a criou,Também a deixara no escuro de suas memórias.Foi enterrada viva, porque tudo parecia crescer,E ela continuava pequena, imóvel...Perante os vendavais que o destino jogou contra ela.Era apenas um, talvez...Não valeria a pena esperar por ela.Talvez... Tenha sido tudo um plano.Às vezes precisamos morrer em vida, para viver de verdade.Enterrar aquilo que ainda sangra...Construir castelos exige sacrifícios,Muitos não conseguirão ver sua obra terminada.Mas aquele pensamento, aquela semente,Vai estar ainda viva no espaço,E quando um outro alguém,Estiver olhando as estrelas,Vai senti-la, e torná-la sua.E assim, passará por varias almas.E mesmo que nenhuma dessas almas,Consiga vê-la grande, ela já será grande...Sempre foi grande...O sonho foi realizado,No momento em que a mente o concebeu.Se tu simplesmente pensaste em amar,Tu já amaste, e esse amor sempre vai existir.Alguém vai olhar as estrelas, vai senti-lo, e torná-lo seu.
T.S.Elliot

Um comentário:

Cynthia disse...

Meu castelo se tornou um forte.E de princese me tornei prisioneira...
Seu texto foi lindo,mas acho que ando muito sentimental.

Encontrei aqui por acaso..
Beijos Fullana!