quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Eu choro sem ninguém ver...



“Tem hora que bate uma tristeza tão grande

Que eu não sei o que fazer e nem pra onde ir

Há tanta coisa que eu queria dizer

Mas não tem ninguém pra ouvir

E eu choro Sem ninguém ver

E eu choro”...

O coração parou e tudo se transformou...
Mãe, estou aqui no seu velorio e o sentimento que fica é de vazio. Seu corpo ainda está aqui, mas nele não habita mais a sua alma perfumada.
Tenho tanta coisa para te falar, mas agora só o que me resta é o silêncio... Só o que me resta é o nada em meio ao tudo, só o que me resta é a ausência... Só o que me resta é minha vida sem você.
Sabe cheiro de flor quando ri? Assim era você em seus dias ensolarados. Você me deu tantos presentes ao longo de minha vida, mas acho que nem você sabia que um dos melhores seria esse ultimo, você me deu seu ultimo fim de semana juntinho á mim, dormimos até agarradinhas como duas mulheres carentes e abandonadas, rsrsr, até fiz piadinha disso. Seu ultimo fim de semana foi comigo... Obrigada mãe.
Você está tão serena, está tão linda. Como alguém pode ficar linda na morte? Tambem não tenho a resposta, mas acho que só fica assim com essa carinha de paz, como a sua, aqueles que Deus chama com amor.
Lembra que eu te chamava de Flor? Então, meu jardim ficou mais pobre, pois a flor mais linda e rara hoje enfeita o jardim de Deus.

...”E eu choro Sem ninguém ver”...


Val Craveiro

2 comentários:

O que elas estao lendo!? disse...

O dia de hoje é muito importante na vida das nossas criancas. Por isso mesmo temos algo bem especial. Passe por lá.

Abracos

Jack Duraes disse...

ki triste é a perda de alguem tao especial, chorei ao ler sua mensagem, simples mais bela uma verdadeira declaraçao de amor